AndréiaHorta ( @aandreiahorta ) Instagram Profile

aandreiahorta

AndréiaHorta

Esse é o meu Instagram!! NÃO TENHO Facebook. NÃO TENHO Twitter. Trabalho: www.artcenicas.com.br Tel 21 2237 0311

  • 2.1k posts
  • 886.7k followers
  • 821 following

AndréiaHorta Profile Information

  • Hoje tem O País do Cinema no @canalbrasil as 23:30hs onde tenho uma conversa deliciosa com esses dois artistas brilhantes: @georgesauma e Jorge Furtado. Falamos sobre o Rasga Coração!! Amo esse filme!!!
  • @aandreiahorta Profile picture

    @aandreiahorta

    Hoje tem O País do Cinema no @canalbrasil as 23:30hs onde tenho uma conversa deliciosa com esses dois artistas brilhantes: @georgesauma e Jorge Furtado. Falamos sobre o Rasga Coração!! Amo esse filme!!!

  •  4,205  0  14 October, 2019
  • link para os ingressos
https://bileto.sympla.com.br/event/62597
  • @aandreiahorta Profile picture

    @aandreiahorta

    link para os ingressos
    https://bileto.sympla.com.br/event/62597

  •  1,563  0  13 October, 2019
  • Um belo dia de luz pra cuidarmos com carinho de nós, da criança que fomos e que nos trouxe até aqui!! 💛
  • @aandreiahorta Profile picture

    @aandreiahorta

    Um belo dia de luz pra cuidarmos com carinho de nós, da criança que fomos e que nos trouxe até aqui!! 💛

  •  6,897  0  12 October, 2019
  • Varias pessoas me mandaram esse recado maravilhoso!! Eu nem sabia o que era faceta!!!😂🙏Não farei!! Muito obrigada!!!
  • @aandreiahorta Profile picture

    @aandreiahorta

    Varias pessoas me mandaram esse recado maravilhoso!! Eu nem sabia o que era faceta!!!😂🙏Não farei!! Muito obrigada!!!

  •  82,501  0  1 October, 2019
  • JARDIM DE INVERNO (ingressos à venda)

Link para ingressos - https://bileto.sympla.com.br/event/62597

De 11 de outubro a 17 de novembro. 
SEX: 21h30 - SAB: 21h - DOM: 20h.
Ingressos: R$ 50 (inteira); R$25 (meia-entrada).
Vendas online: SYMPLA.COM.BR
TEATRO RAUL CORTEZ – Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - Bela Vista, São Paulo.
Bilheteria: De terça a quinta, das 15h às 19h; e de sexta a domingo, das 15h até o início do espetáculo (Não abre aos feriados). Informações: (11) 3254-1633. 
Duração: 110 minutos. 
Classificação: 14 anos. 
SINOPSE 
O texto adaptado do romance “Revolutionary Road” (1961), que originou o filme “Foi Apenas Um Sonho” (2008), foca em reflexões sobre o sufocamento dos desejos, o peso do conformismo, o desperdício das potências individuais em prol de uma “vida ideal” ditada por papéis sociais rígidos da década de 50.

@jardimdeinverno
@teatroraulcortez
@papirus
#pecajardimdeinverno
#experimenteteatro
#secretariadacultura
#proacICMS
#proac
#teatrosp
Este projeto é apresentado pelo Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e Papirus.
  • @aandreiahorta Profile picture

    @aandreiahorta

    JARDIM DE INVERNO (ingressos à venda)

    Link para ingressos - https://bileto.sympla.com.br/event/62597

    De 11 de outubro a 17 de novembro.
    SEX: 21h30 - SAB: 21h - DOM: 20h.
    Ingressos: R$ 50 (inteira); R$25 (meia-entrada).
    Vendas online: SYMPLA.COM.BR
    TEATRO RAUL CORTEZ – Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - Bela Vista, São Paulo.
    Bilheteria: De terça a quinta, das 15h às 19h; e de sexta a domingo, das 15h até o início do espetáculo (Não abre aos feriados). Informações: (11) 3254-1633.
    Duração: 110 minutos.
    Classificação: 14 anos.
    SINOPSE
    O texto adaptado do romance “Revolutionary Road” (1961), que originou o filme “Foi Apenas Um Sonho” (2008), foca em reflexões sobre o sufocamento dos desejos, o peso do conformismo, o desperdício das potências individuais em prol de uma “vida ideal” ditada por papéis sociais rígidos da década de 50.

    @jardimdeinverno
    @teatroraulcortez
    @papirus
    #pecajardimdeinverno
    #experimenteteatro
    #secretariadacultura
    #proacICMS
    #proac
    #teatrosp
    Este projeto é apresentado pelo Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e Papirus.

  •  4,072  0  30 September, 2019
  • Marcelino, tenho medo de voltar ao seu país porque cresci relutante para ser adulto e sei que me mantenho em tantas coisas apenas uma criança. Julgo que saio à rua ainda com a alegria de encontrar alguém com quem, de algum modo, possa pressentir a alegria que existia quando estávamos apenas a brincar. Eu não sei estar sozinho. Não aprecio a solidão, gosto das pessoas e não há como curar minha natureza para gostar delas. Mas agora tenho medo do seu país que eu amo. Fiquei toda a vida sonhando ser português e brasileiro, para pertencer a Machado de Assis e Fernando Pessoa. Sonhei que meu orgulho teria papel passado, como quem casa consciente, dedicado, de amor profundo, para toda a eternidade. Eu não previ este medo. Fico desolado.

Estão proibindo as pessoas de serem negras, Marcelino, proibiram de ser mulheres, Marcelino, agora decidiram proibir de ser criança e eu sabia que haveria alguma coisa que ainda me pegaria. Por isso, há muito que eu já brigava pelos negros e há muito que eu já brigava pelas mulheres, eu já brigava pelos viados todos e pelas pessoas sem explicação, tanta gente que só é, sem ter muito como entender ou fazer entender, e quer apenas estar em paz. Eu dei de barato tanta coisa sobre a paz que talvez tenha esquecido de estudar corações, o verdadeiro lugar da guerra. Sou muito despreparado. Passei pelo tempo buscando o deslumbre e vi a melhor versão de cada instante, não vi que medravam no escuro as piores intenções, os ódios que inviabilizam a humanidade. Eu, sinceramente, não vi, Marcelino.
  • @aandreiahorta Profile picture

    @aandreiahorta

    Marcelino, tenho medo de voltar ao seu país porque cresci relutante para ser adulto e sei que me mantenho em tantas coisas apenas uma criança. Julgo que saio à rua ainda com a alegria de encontrar alguém com quem, de algum modo, possa pressentir a alegria que existia quando estávamos apenas a brincar. Eu não sei estar sozinho. Não aprecio a solidão, gosto das pessoas e não há como curar minha natureza para gostar delas. Mas agora tenho medo do seu país que eu amo. Fiquei toda a vida sonhando ser português e brasileiro, para pertencer a Machado de Assis e Fernando Pessoa. Sonhei que meu orgulho teria papel passado, como quem casa consciente, dedicado, de amor profundo, para toda a eternidade. Eu não previ este medo. Fico desolado.

    Estão proibindo as pessoas de serem negras, Marcelino, proibiram de ser mulheres, Marcelino, agora decidiram proibir de ser criança e eu sabia que haveria alguma coisa que ainda me pegaria. Por isso, há muito que eu já brigava pelos negros e há muito que eu já brigava pelas mulheres, eu já brigava pelos viados todos e pelas pessoas sem explicação, tanta gente que só é, sem ter muito como entender ou fazer entender, e quer apenas estar em paz. Eu dei de barato tanta coisa sobre a paz que talvez tenha esquecido de estudar corações, o verdadeiro lugar da guerra. Sou muito despreparado. Passei pelo tempo buscando o deslumbre e vi a melhor versão de cada instante, não vi que medravam no escuro as piores intenções, os ódios que inviabilizam a humanidade. Eu, sinceramente, não vi, Marcelino.

  •  1,427  0  28 September, 2019
  • Ensaio da peça Jardim de Inverno. Estreia em São Paulo dia 11 de outubro no Teatro Raul Cortez.
  • @aandreiahorta Profile picture

    @aandreiahorta

    Ensaio da peça Jardim de Inverno. Estreia em São Paulo dia 11 de outubro no Teatro Raul Cortez.

  •  3,482  0  26 September, 2019