#conto Instagram Photos & Videos

conto - 75.9k posts

Latest #conto Posts

  • Conhecer o Japão é sonho de consumo de muitas pessoas e não poderia ser diferente com Julio Barone. Foram anos juntando dinheiro para desfrutar as férias na terra do sol nascente, fascinante amálgama de tradição, modernidade e mistério. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A bordo de um trem-bala voando a 300 quilômetros por hora sobre trilhos sem fim, Julio viaja rumo ao oeste da ilha. Seu roteiro começa com uma visita a uma cidade turística com um passado trágico. Está bastante animado e não vê a hora de chegar, mas situações inusitadas ao longo do passeio o levarão a um novo e inesperado destino. Sem dúvida, será uma viagem inesquecível!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📚Leia Shinkansen, conto integrante da antologia ‘Kowai - Terror no Extremo Oriente’, publicada pela Editora Wish.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
#shinkansen #conto #antologia #kowai #editorawish #suspense #sobrenatural #terror #horror #literaturanacional #escritor #antoniodimarco #comprelivros
  • Conhecer o Japão é sonho de consumo de muitas pessoas e não poderia ser diferente com Julio Barone. Foram anos juntando dinheiro para desfrutar as férias na terra do sol nascente, fascinante amálgama de tradição, modernidade e mistério. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    A bordo de um trem-bala voando a 300 quilômetros por hora sobre trilhos sem fim, Julio viaja rumo ao oeste da ilha. Seu roteiro começa com uma visita a uma cidade turística com um passado trágico. Está bastante animado e não vê a hora de chegar, mas situações inusitadas ao longo do passeio o levarão a um novo e inesperado destino. Sem dúvida, será uma viagem inesquecível!
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    📚Leia Shinkansen, conto integrante da antologia ‘Kowai - Terror no Extremo Oriente’, publicada pela Editora Wish.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    #shinkansen #conto #antologia #kowai #editorawish #suspense #sobrenatural #terror #horror #literaturanacional #escritor #antoniodimarco #comprelivros
  •  4  0  48 minutes ago
  • Este é um livro de contos que se passam em Brasília. São contos curiosos e corriqueiros de uma cidade que tem a essência dos mistérios esotéricos, históricos e a singularidade da sua concepção como uma capital planejada no meio do nada. Esse nada é uma divisa muito rica para a literatura e a colocação da cidade como cenário de acontecimentos um tanto curiosos.⠀
⠀
⠀
#cronica #conto #misterios #ficcao #brasilia #editoraviseu #eviseu
  • Este é um livro de contos que se passam em Brasília. São contos curiosos e corriqueiros de uma cidade que tem a essência dos mistérios esotéricos, históricos e a singularidade da sua concepção como uma capital planejada no meio do nada. Esse nada é uma divisa muito rica para a literatura e a colocação da cidade como cenário de acontecimentos um tanto curiosos.⠀


    #cronica #conto #misterios #ficcao #brasilia #editoraviseu #eviseu
  •  31  0  3 hours ago
  • E' NATO #FORWE - FOR WOMEN ENERGY | ForWe è il nostro nuovo #contocorrente dedicato alle #donne che non si fermano mai
.
Alle #professioniste, alle #mamme, alle #donne che lottano per realizzare il loro #talento e desiderano strumenti che le valorizzino
.
Perché essere donne oggi è una #sfida e noi ne teniamo #conto!
. 🔸 Informazioni e dettagli prodotto su www.bccpn.it
  • E' NATO #FORWE - FOR WOMEN ENERGY | ForWe è il nostro nuovo #contocorrente dedicato alle #donne che non si fermano mai
    .
    Alle #professioniste, alle #mamme, alle #donne che lottano per realizzare il loro #talento e desiderano strumenti che le valorizzino
    .
    Perché essere donne oggi è una #sfida e noi ne teniamo #conto!
    . 🔸 Informazioni e dettagli prodotto su www.bccpn.it
  •  3  0  3 hours ago
  • Gosto de elogios, mas gosto ainda mais de opiniões sinceras e construtivas. Publiquei meu Outra Vez via Amazon em 2015 e desde então recebo avaliações e comentários como esse, do blog @interprete.me. Pra quem lê, sou só mais alguém tentando um espaço, alguém que gosta do que cria. Mas pra quem escreve, é fato, muda tudo. A gratidão é vitalícia. (Pra terça começar com sensação de missão cumprida)
  • Gosto de elogios, mas gosto ainda mais de opiniões sinceras e construtivas. Publiquei meu Outra Vez via Amazon em 2015 e desde então recebo avaliações e comentários como esse, do blog @interprete.me. Pra quem lê, sou só mais alguém tentando um espaço, alguém que gosta do que cria. Mas pra quem escreve, é fato, muda tudo. A gratidão é vitalícia. (Pra terça começar com sensação de missão cumprida)
  •  17  1  4 hours ago
  • e os dias tem mudado meu jeito de ir
fazendo andar por aí a sorrir,
e a gente nem combina onde vai
fazendo o que quiser quando a gente sai...
e a lua é testemunha dessa mudança,
quantas vezes me acompanhou na andança
buscando sem ao menos saber
se era algo real ou um sonho a ter,
ela me via atravessar o fim do dia
passando pelos tons pálidos
e quando eu estava minguante,
ela crescente me sorria,
tentando aquecer meu coração
ali, enquanto eu dormia...
mas os dias tem mudado meu jeito de ir
fazendo andar por aí a sorrir,
e quando a vejo no alto
ou no despontar do horizonte,
grito ao amor bem alto,
até que ele te aponte
e seja grato por não desistir
de me deixar mais uma vez,
o sentir.
  • e os dias tem mudado meu jeito de ir
    fazendo andar por aí a sorrir,
    e a gente nem combina onde vai
    fazendo o que quiser quando a gente sai...
    e a lua é testemunha dessa mudança,
    quantas vezes me acompanhou na andança
    buscando sem ao menos saber
    se era algo real ou um sonho a ter,
    ela me via atravessar o fim do dia
    passando pelos tons pálidos
    e quando eu estava minguante,
    ela crescente me sorria,
    tentando aquecer meu coração
    ali, enquanto eu dormia...
    mas os dias tem mudado meu jeito de ir
    fazendo andar por aí a sorrir,
    e quando a vejo no alto
    ou no despontar do horizonte,
    grito ao amor bem alto,
    até que ele te aponte
    e seja grato por não desistir
    de me deixar mais uma vez,
    o sentir.
  •  55  2  9 hours ago
  • às vezes é preciso deixá-lo ir. mesmo quando dói o peito de uma maneira que nem se consegue explicar. quando a gente diz que esqueceu mas, lá no fundo, a lembrança se faz tão presente. eu preciso te deixar ir, garoto. o relógio já girou tantas e tantas vezes que até perdi as contas. fiquei olhando e me perdi nas minhas ideias. eu sei o quanto machuca e você não precisa me dizer. embora pareça que não sinto nada, embora eu tente – e tente tanto – fingir que isso não me incomoda, aqui dentro uma senhorita ferida ainda custa a cicatrizar. não pense que não. porque se pensar, chego a acreditar que você nem me conhecia direito e isso é ruim de imaginar. principalmente por alguém que me conhece tão bem. ou conhecia, sei lá o quanto mudei. sei lá se mudei tanto assim, também. eu só sei que é chegada a hora. que passou da hora. eu não posso mais te manter aqui no meu peito dessa maneira. não é justo com ninguém e tampouco contigo, menino. afogar você nos meus instintos tão avulsos. por isso eu te deixo ir. assim, lentamente, como quem se deixa levar numa maré calma e suave. assistindo o balanço do mar numa tardezinha semi-ensolarada de outono. por te querer tão bem eu te liberto, querido. eu te deixo ir com a certeza de que você vai ser feliz, eu rezo, eu rezo pra que seja todas as noites e todos os dias, vai feliz, que eu olho daqui por ti.
·
·
·
#amor #romance #poema #poesia #texto #reflexao #livro #conto #nos #nosdois #euevoce #partida #despedida #coracao #peito #sentimento #irembora #historia #paixao #sensacao #emocao #carta #cartadeamor
  • às vezes é preciso deixá-lo ir. mesmo quando dói o peito de uma maneira que nem se consegue explicar. quando a gente diz que esqueceu mas, lá no fundo, a lembrança se faz tão presente. eu preciso te deixar ir, garoto. o relógio já girou tantas e tantas vezes que até perdi as contas. fiquei olhando e me perdi nas minhas ideias. eu sei o quanto machuca e você não precisa me dizer. embora pareça que não sinto nada, embora eu tente – e tente tanto – fingir que isso não me incomoda, aqui dentro uma senhorita ferida ainda custa a cicatrizar. não pense que não. porque se pensar, chego a acreditar que você nem me conhecia direito e isso é ruim de imaginar. principalmente por alguém que me conhece tão bem. ou conhecia, sei lá o quanto mudei. sei lá se mudei tanto assim, também. eu só sei que é chegada a hora. que passou da hora. eu não posso mais te manter aqui no meu peito dessa maneira. não é justo com ninguém e tampouco contigo, menino. afogar você nos meus instintos tão avulsos. por isso eu te deixo ir. assim, lentamente, como quem se deixa levar numa maré calma e suave. assistindo o balanço do mar numa tardezinha semi-ensolarada de outono. por te querer tão bem eu te liberto, querido. eu te deixo ir com a certeza de que você vai ser feliz, eu rezo, eu rezo pra que seja todas as noites e todos os dias, vai feliz, que eu olho daqui por ti.
    ·
    ·
    ·
    #amor #romance #poema #poesia #texto #reflexao #livro #conto #nos #nosdois #euevoce #partida #despedida #coracao #peito #sentimento #irembora #historia #paixao #sensacao #emocao #carta #cartadeamor
  •  11  0  9 hours ago
  • Deixo por aqui um repost dos amigos da @bamboleioapp que trasformaram lindamente nosso livro "Mais felizes do que sempre" em sua nova versão de e book. Ficamos muito felizes com o resultado, bom demais ver como nosso trabalho pode continuar evoluindo mais e mais. Novos formatos, novos caminhos! :)
  • Deixo por aqui um repost dos amigos da @bamboleioapp que trasformaram lindamente nosso livro "Mais felizes do que sempre" em sua nova versão de e book. Ficamos muito felizes com o resultado, bom demais ver como nosso trabalho pode continuar evoluindo mais e mais. Novos formatos, novos caminhos! :)
  •  60  6  11 hours ago
  • PRÊMIO SESC DE LITERATURA || CONTO

João Gabriel Paulsen nasceu e vive em Juiz de Fora/MG. É estudante de Filosofia na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O DOCE E O AMARGO / CONTOS “O doce e o amargo” é uma coletânea composta por nove contos. São histórias aparentemente desconexas, que tratam das tensões geracionais e os conflitos trazidos pelos ritos de passagem, permeados pela tensão entre aproximação e distanciamento do outro.

#premiosescdeliteratura #livro #Conto #livro #literatura #leitura #book #Brasil
  • PRÊMIO SESC DE LITERATURA || CONTO

    João Gabriel Paulsen nasceu e vive em Juiz de Fora/MG. É estudante de Filosofia na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O DOCE E O AMARGO / CONTOS “O doce e o amargo” é uma coletânea composta por nove contos. São histórias aparentemente desconexas, que tratam das tensões geracionais e os conflitos trazidos pelos ritos de passagem, permeados pela tensão entre aproximação e distanciamento do outro.

    #premiosescdeliteratura #livro #Conto #livro #literatura #leitura #book #Brasil
  •  9  0  12 hours ago
  • Já conhece a MÚSICA Ponto e Espaço que divulgamos por aqui?! Pois ela ganhou um conto e já está postado lá no site! O download é GRATUITO! O link está na bio. É só clicar!
  • Já conhece a MÚSICA Ponto e Espaço que divulgamos por aqui?! Pois ela ganhou um conto e já está postado lá no site! O download é GRATUITO! O link está na bio. É só clicar!
  •  33  1  12 hours ago
  • Microconto do dia!
  • Microconto do dia!
  •  44  5  12 hours ago
  • 6 MEDO DA MORTE

Quem é a Morte? Deusa, anciã, sábia, dona do meu caminho, o destino dos meus passos. Em seu existir o próprio mistério da vida se revela. A mulher de duas faces, o ventre que sangra, o início ou o fim?
Portadora do grande enigma da vida a morte mais do que o próprio viver é nossa única certeza. 
Sua presença exala medo e sua fiel escudeira é a doença, geradora de conflitos internos e externos. 
Muitas vezes para entender a morte precisei viver a vida, observar os ciclos e reaprender com os ritmos. 
Essa história não tem começo e não tem seguimento, a poesia dela é o próprio viver. 
Morte, sinto seu poder nas minhas entranhas, meu corpo estremece e meu ego se prende a pequenas ilusões, mas, na grandeza da sua presença sou só mais um.

O medo da morte já me levou para tantos lugares, me fez atravessar tantas ponte que ao final só me resta agradecer por este impulso de vida que me move.

#morte #vidamortevida #ciclosemfim #ritmo #conto #história #grandedeusa #medodamorte #dualidade
  • 6 MEDO DA MORTE

    Quem é a Morte? Deusa, anciã, sábia, dona do meu caminho, o destino dos meus passos. Em seu existir o próprio mistério da vida se revela. A mulher de duas faces, o ventre que sangra, o início ou o fim?
    Portadora do grande enigma da vida a morte mais do que o próprio viver é nossa única certeza.
    Sua presença exala medo e sua fiel escudeira é a doença, geradora de conflitos internos e externos.
    Muitas vezes para entender a morte precisei viver a vida, observar os ciclos e reaprender com os ritmos.
    Essa história não tem começo e não tem seguimento, a poesia dela é o próprio viver.
    Morte, sinto seu poder nas minhas entranhas, meu corpo estremece e meu ego se prende a pequenas ilusões, mas, na grandeza da sua presença sou só mais um.

    O medo da morte já me levou para tantos lugares, me fez atravessar tantas ponte que ao final só me resta agradecer por este impulso de vida que me move.

    #morte #vidamortevida #ciclosemfim #ritmo #conto #história #grandedeusa #medodamorte #dualidade
  •  6  0  13 hours ago
  • O juiz-forano João Gabriel Paulsen, 19, aluno do terceiro período do curso de filosofia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), é o vencedor na categoria conto do Prêmio Sesc de Literatura de 2019 com o livro O doce e o amargo. Ele é o mais jovem mineiro a ganhar a premiação, criada em 2003 e dedicada a escritores estreantes nas categorias conto e romance.
.
Parabéns!!!
.
Fonte: http://www.portalf11.com.br
.
#conto #escritores #autores #filosofia #UFJF #Sesc #literatura #juizdefora
  • O juiz-forano João Gabriel Paulsen, 19, aluno do terceiro período do curso de filosofia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), é o vencedor na categoria conto do Prêmio Sesc de Literatura de 2019 com o livro O doce e o amargo. Ele é o mais jovem mineiro a ganhar a premiação, criada em 2003 e dedicada a escritores estreantes nas categorias conto e romance.
    .
    Parabéns!!!
    .
    Fonte: http://www.portalf11.com.br
    .
    #conto #escritores #autores #filosofia #UFJF #Sesc #literatura #juizdefora
  •  33  1  15 hours ago
  • Preparados para mais uma semana?! Desta vez, o blog traz uma série de desafios e propostas de escrita para estimular a sua criatividade! Até quinta-feira teremos 4D20, um desafio onde o tempo de escrita é estipulado pela rolagem de dados.

E o conto da semana é "A Caixa de Ferro", sobre o horripilante mistério de um elevador que já fez muitas vítimas. E está prestes a matar a próxima... .

Zelda na bio. Digo, link na bio! 💡💀📚
  • Preparados para mais uma semana?! Desta vez, o blog traz uma série de desafios e propostas de escrita para estimular a sua criatividade! Até quinta-feira teremos 4D20, um desafio onde o tempo de escrita é estipulado pela rolagem de dados.

    E o conto da semana é "A Caixa de Ferro", sobre o horripilante mistério de um elevador que já fez muitas vítimas. E está prestes a matar a próxima... .

    Zelda na bio. Digo, link na bio! 💡💀📚
  •  4  1  16 hours ago
  • #Repost @shippaesselivro
• • • • • •
Hello!!!! 🌻
Pensem num conto fofo e cheio de amor... É esse... 🌻❤️ Laura é uma mulher super forte que depois de passar por várias turbulências, tudo o que ela mais queria era ser feliz com sua pequena filha. 
Willian é um homem charmoso que não acreditava no amor, mas bastou colocar seus olhos em Laura para sua descrença vir ao chão... Uma noite foi o suficiente para que o coração dele tivesse a certeza de que Laura era sua.
Mas, Laura ainda tinha seus medos e sua prioridade era sua pequena, mesmo que depois daquela noite Willian não saísse de sua cabeça.
Só que o que ela não sabia era que Will a queria e que através dele sua vida ia dar um giro de 180° graus. 👨‍👩‍👧
Leitura fluida e rápida. 
Tenho certeza que você irá se apaixonar por esses personagens tão lindos!! 😍🤩😍🤩 #conto #mulher #amazon #AmazonBr #kindle #KindleUnlimited #girassol #biologa #mãe #Diadosnamorados #amor #romance
  • #Repost @shippaesselivro
    • • • • • •
    Hello!!!! 🌻
    Pensem num conto fofo e cheio de amor... É esse... 🌻❤️ Laura é uma mulher super forte que depois de passar por várias turbulências, tudo o que ela mais queria era ser feliz com sua pequena filha.
    Willian é um homem charmoso que não acreditava no amor, mas bastou colocar seus olhos em Laura para sua descrença vir ao chão... Uma noite foi o suficiente para que o coração dele tivesse a certeza de que Laura era sua.
    Mas, Laura ainda tinha seus medos e sua prioridade era sua pequena, mesmo que depois daquela noite Willian não saísse de sua cabeça.
    Só que o que ela não sabia era que Will a queria e que através dele sua vida ia dar um giro de 180° graus. 👨‍👩‍👧
    Leitura fluida e rápida.
    Tenho certeza que você irá se apaixonar por esses personagens tão lindos!! 😍🤩😍🤩 #conto #mulher #amazon #AmazonBr #kindle #KindleUnlimited #girassol #biologa #mãe #Diadosnamorados #amor #romance
  •  14  0  16 hours ago
  • Em breve, teremos um novo vídeo de Nelise Tavares no Canal. Mais um conto autoral!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
No texto, Nelise conta um pouco de suas experiências como mãe e professora. Nas entrelinhas, vemos o grande protagonista: o amor pela Educação.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ensinar, aprender e transformar!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Educar modifica a condição daquele que faz parte do processo educativo e pode reconfigurar toda a sociedade.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Acredite!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Amanhã, às 21h, no Canal Era uma voz.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
#canaleraumavoz #leitura #literatura
#conto #professor #educacao
  • Em breve, teremos um novo vídeo de Nelise Tavares no Canal. Mais um conto autoral!
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    No texto, Nelise conta um pouco de suas experiências como mãe e professora. Nas entrelinhas, vemos o grande protagonista: o amor pela Educação.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Ensinar, aprender e transformar!
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Educar modifica a condição daquele que faz parte do processo educativo e pode reconfigurar toda a sociedade.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Acredite!
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Amanhã, às 21h, no Canal Era uma voz.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    #canaleraumavoz #leitura #literatura
    #conto #professor #educacao
  •  13  0  16 hours ago
  • E semana passada voltamos a brincar na praça! Dessa vez começamos a recitar uma poesia inspirada no conto do alienista!  Quer saber mais? Fica ligadx aqui! :)
Toda quarta feira as 18:00 na praça Vicente Cicarino!
  • E semana passada voltamos a brincar na praça! Dessa vez começamos a recitar uma poesia inspirada no conto do alienista! Quer saber mais? Fica ligadx aqui! :)
    Toda quarta feira as 18:00 na praça Vicente Cicarino!
  •  12  1  16 hours ago
  • - Eu estou tendo a impressão que vou perder você a qualquer momento e isso ta me matando por dentro, algo que eu nunca achei que fosse possível.
- Devon… o que você tá falando, está me assustando…
- Não por favor, não quero que tenha medo de mim, de qualquer um menos de mim.
- Me diz o que é então.
- Tolice minha, vem aqui.
.
Ele me beijou com força e senti minhas pernas fraquejarem, a sensação de estar nos braços dele era incrível eu podia passar horas assim, ele desceu beijando meu pescoço e senti sua mão levantar uma de minhas pernas me fazendo colar mais a ele, suas presas me arrepiaram ao roçar na minha pele.
.
- Por favor… me deixe provar de você..
- Sim..
.
Concordei em um fio de voz e senti ele afundar suas presas em mim, eram afiadas e a dor fora de primeiro momento, logo senti esquentar o local e a dor diminuir, ele ficou alguns segundos ali e logo depois eu senti sua língua limpar o local e o meu corpo relaxar.
.
- O que eu fiz…
- E-eu estou bem só foi estranho…,mas bom.
- Deveria ter dito pra eu parar Éden… não foi certo me desculpe.
- Ei para com isso!
.
O beijei o gosto metálico na boca dele foi um pouco diferente pra mim, mas não me importei.
.
- Você pode fazer isso quando quiser, eu quero ser sua.
- Deus como você consegue mexer tanto comigo.
- É uma das minhas habilidades.
- Eu quero você por inteira.
- E eu quero ser sua...
.
Ele me pegou no colo e me levou até a cama que tinha perto da escada, me colocou sentada na cama.
.
- Você tem certeza?
- Eu nunca tive tanta certa antes.
.
Subi no seu colo e começamos a nos beijar, senti suas mãos levantar meu vestido, não esperava que fosse assim, mas sabia que queria e queria que fosse com ele não me arrependo de ter me entregado totalmente a ele… de corpo e sangue.
  • - Eu estou tendo a impressão que vou perder você a qualquer momento e isso ta me matando por dentro, algo que eu nunca achei que fosse possível.
    - Devon… o que você tá falando, está me assustando…
    - Não por favor, não quero que tenha medo de mim, de qualquer um menos de mim.
    - Me diz o que é então.
    - Tolice minha, vem aqui.
    .
    Ele me beijou com força e senti minhas pernas fraquejarem, a sensação de estar nos braços dele era incrível eu podia passar horas assim, ele desceu beijando meu pescoço e senti sua mão levantar uma de minhas pernas me fazendo colar mais a ele, suas presas me arrepiaram ao roçar na minha pele.
    .
    - Por favor… me deixe provar de você..
    - Sim..
    .
    Concordei em um fio de voz e senti ele afundar suas presas em mim, eram afiadas e a dor fora de primeiro momento, logo senti esquentar o local e a dor diminuir, ele ficou alguns segundos ali e logo depois eu senti sua língua limpar o local e o meu corpo relaxar.
    .
    - O que eu fiz…
    - E-eu estou bem só foi estranho…,mas bom.
    - Deveria ter dito pra eu parar Éden… não foi certo me desculpe.
    - Ei para com isso!
    .
    O beijei o gosto metálico na boca dele foi um pouco diferente pra mim, mas não me importei.
    .
    - Você pode fazer isso quando quiser, eu quero ser sua.
    - Deus como você consegue mexer tanto comigo.
    - É uma das minhas habilidades.
    - Eu quero você por inteira.
    - E eu quero ser sua...
    .
    Ele me pegou no colo e me levou até a cama que tinha perto da escada, me colocou sentada na cama.
    .
    - Você tem certeza?
    - Eu nunca tive tanta certa antes.
    .
    Subi no seu colo e começamos a nos beijar, senti suas mãos levantar meu vestido, não esperava que fosse assim, mas sabia que queria e queria que fosse com ele não me arrependo de ter me entregado totalmente a ele… de corpo e sangue.
  •  82  21  16 hours ago
  • Pensa que lindo, você e seus dois filhos numa pracinha, brincando. Até que sua filha de 4 anos resolve que está super apertada e precisa ir urgente ao banheiro, mesmo que há 10 minutos atrás você tenha insistido que ela fizesse xixi antes de sair de casa e ela tenha afirmado que não tinha nenhum pinguinho guardado. Pois bem, agora parece que a vontade resolveu aparecer carregando todos os líquidos do corpo de forma instantânea para uma mini bexiga, tornando caso de vida ou morte. Ela me grita “manheeeê, agora! Quero fazer xixi! Rápido!” enquanto espreme as pernas e diz que não consegue segurar. Olho para o caçula de 2 anos, sentado na areia, descalço, cheio de esperanças de um longo e demorado mergulho naquele chão que é cenário de um castelo com pedras, folhas e muitos grãos úmidos que se misturam pelos cabelos e entre sua bermuda e fralda. O que fazer? Chamo ele pra ir embora correndo pois precisamos procurar um banheiro. Ele, com sua pouca idade mas uma sagaz experiência do tipo “me enganou, era vacina”, imaginou que era uma trolagem da mãe para ir embora antes do combinado. Protestou. Dali não sairia. E agora? Enquanto eu bolava um plano de fuga genial e convincente, fui catando os brinquedos espalhados, bolsa, água, cadê a bola? Ao mesmo tempo vou respondendo ao apelo da mais velha “já estamos indo. Só um segundo. Vai colocando seu chinelo”. Ai meu Deus, chinelo! Cadê o chinelo do caçula? Roda parquinho inteiro. Finalmente acho o mini chinelo praticamente enterrado no outro lado do parque. Volto para a criança jogada na areia. “Vamos?” “Não! Não quero!”. Do meu lado uma menininha grita que não vai aguentar mais esperar. Desenterro o caçula da areia. Ganho tentáculos de polvo para carregar brinquedos, bolsas, a chave do carro e uma criança suja de areia, berrando e se debatendo indignada com o pouco tempo de diversão. Vou conversando que já iremos voltar (se é que teremos tempo). Chego no carro. Bato perna pra tirar areia do pé. Limpo uma criança cujo rosto já virou lama entre lágrimas, um pouco de areia e uma dose considerável de pó de minério. Nem sei mais se estou limpando ou espalhando a sujeira do rosto dele..
⬇️⬇️⬇️ (continua!)
  • Pensa que lindo, você e seus dois filhos numa pracinha, brincando. Até que sua filha de 4 anos resolve que está super apertada e precisa ir urgente ao banheiro, mesmo que há 10 minutos atrás você tenha insistido que ela fizesse xixi antes de sair de casa e ela tenha afirmado que não tinha nenhum pinguinho guardado. Pois bem, agora parece que a vontade resolveu aparecer carregando todos os líquidos do corpo de forma instantânea para uma mini bexiga, tornando caso de vida ou morte. Ela me grita “manheeeê, agora! Quero fazer xixi! Rápido!” enquanto espreme as pernas e diz que não consegue segurar. Olho para o caçula de 2 anos, sentado na areia, descalço, cheio de esperanças de um longo e demorado mergulho naquele chão que é cenário de um castelo com pedras, folhas e muitos grãos úmidos que se misturam pelos cabelos e entre sua bermuda e fralda. O que fazer? Chamo ele pra ir embora correndo pois precisamos procurar um banheiro. Ele, com sua pouca idade mas uma sagaz experiência do tipo “me enganou, era vacina”, imaginou que era uma trolagem da mãe para ir embora antes do combinado. Protestou. Dali não sairia. E agora? Enquanto eu bolava um plano de fuga genial e convincente, fui catando os brinquedos espalhados, bolsa, água, cadê a bola? Ao mesmo tempo vou respondendo ao apelo da mais velha “já estamos indo. Só um segundo. Vai colocando seu chinelo”. Ai meu Deus, chinelo! Cadê o chinelo do caçula? Roda parquinho inteiro. Finalmente acho o mini chinelo praticamente enterrado no outro lado do parque. Volto para a criança jogada na areia. “Vamos?” “Não! Não quero!”. Do meu lado uma menininha grita que não vai aguentar mais esperar. Desenterro o caçula da areia. Ganho tentáculos de polvo para carregar brinquedos, bolsas, a chave do carro e uma criança suja de areia, berrando e se debatendo indignada com o pouco tempo de diversão. Vou conversando que já iremos voltar (se é que teremos tempo). Chego no carro. Bato perna pra tirar areia do pé. Limpo uma criança cujo rosto já virou lama entre lágrimas, um pouco de areia e uma dose considerável de pó de minério. Nem sei mais se estou limpando ou espalhando a sujeira do rosto dele..
    ⬇️⬇️⬇️ (continua!)
  •  141  53  17 hours ago

Top #conto Posts

  • Adha trabalha na Hard Dynamic desde seus 18 anos na área de Marketing da empresa, há anos ela trabalha arduamente para que as outras pessoas de cidades e nações diferentes entendam o que é o SIDEC e o bem que ele traz para as pessoas. Bem, ao menos era isso que ela pensava que estava fazendo, até o dia que mensagens estranhas apareceram para ela, e ela começou a entender o que são as sensações.
.
.
.
"Aprendi que o silêncio funciona como um calmante quando estamos exaltados."
.
.
.
Um conto rápido e gostoso de ser lido. Não precisa ser fã de Ficção Cientifica para ingressar na história. A escrita da Day Fernandes é tão confortável que é fácil visualizar o que ela mais deseja que você veja.
.
.
.
Fica a dica nessa #quartadecontos
.
.
.
#conto
#contodeficcao #autoranacional #nacional #amoler #amorporlivros #autoranacional #dayfernandes #sencientes #book #instacontos #bookstagram #ɑquinɑovɑnessɑ
  • Adha trabalha na Hard Dynamic desde seus 18 anos na área de Marketing da empresa, há anos ela trabalha arduamente para que as outras pessoas de cidades e nações diferentes entendam o que é o SIDEC e o bem que ele traz para as pessoas. Bem, ao menos era isso que ela pensava que estava fazendo, até o dia que mensagens estranhas apareceram para ela, e ela começou a entender o que são as sensações.
    .
    .
    .
    "Aprendi que o silêncio funciona como um calmante quando estamos exaltados."
    .
    .
    .
    Um conto rápido e gostoso de ser lido. Não precisa ser fã de Ficção Cientifica para ingressar na história. A escrita da Day Fernandes é tão confortável que é fácil visualizar o que ela mais deseja que você veja.
    .
    .
    .
    Fica a dica nessa #quartadecontos
    .
    .
    .
    #conto
    #contodeficcao #autoranacional #nacional #amoler #amorporlivros #autoranacional #dayfernandes #sencientes #book #instacontos #bookstagram #ɑquinɑovɑnessɑ
  •  881  6  29 May, 2019
  • 《MARATONA ÉRIKA GOMES》
.
.
👩🏻‍🏫 Olá Leitores! Espero que o final de semana de vocês esteja sendo maravilhoso e cheio de leituras boas. Como eu havia dito, na Maratona Érika Gomes, vamos ler um conto por semana, e nessa primeira semana lemos "Agares, o anjo sem asas", e hoje trago ele para vocês. Espero que gostem. .
.
Agares - O anjo sem asas
@autoraerikagomes 
25 Páginas 
5 ☆
.
.
Agares é servo e grande amigo de Heylel, e por muito tempo se contentou com o Sheol. Porém, quando Heylel conheceu Ana sua vida mudou, e quando tornou-se pai, mudou além da sua vida, mudou todos os planos. .
.
Por muito tempo Agares foi um protetor de Naiara, já que Heylel não podia arriscar de tal forma os seres que lhe trouxeram esperanças. Contudo Agares agora sentia falta de algo mais. Sentia falta de um verdadeiro motivo para continuar a eternidade. .
.
Para quem já leu Tenebris - O fim é apenas o começo, sabe melhor a relação atual de Agares e Naiara, mas para quem ainda não leu, não acho que seja difícil compreender, a escrita da Érika é muito clara, e torna bem simples a compreensão dos fatos. .
.
Agares encontra em Naiara um motivo para viver. Pois o amor, assim como transformou Heylel, também transforma Agares. .
.
Agares apesar de ser um caído, eu acredito que sua essência ainda seja em parte muito boa. .
.
Você já leu algum livro ou conto da Érika? Os livros dela estão disponíveis também no Kindle Unlimited. Me conta o que achou deste conto, e qual livro da Érika mais chama sua atenção. Vem participar da nossa Maratona ♡ .
.
#maratonaerikagomes #autoraerikagomes #criasdaerika #literaturancional #autoranacional #trilogiatenebris #conto
  • 《MARATONA ÉRIKA GOMES》
    .
    .
    👩🏻‍🏫 Olá Leitores! Espero que o final de semana de vocês esteja sendo maravilhoso e cheio de leituras boas. Como eu havia dito, na Maratona Érika Gomes, vamos ler um conto por semana, e nessa primeira semana lemos "Agares, o anjo sem asas", e hoje trago ele para vocês. Espero que gostem. .
    .
    Agares - O anjo sem asas
    @autoraerikagomes
    25 Páginas
    5 ☆
    .
    .
    Agares é servo e grande amigo de Heylel, e por muito tempo se contentou com o Sheol. Porém, quando Heylel conheceu Ana sua vida mudou, e quando tornou-se pai, mudou além da sua vida, mudou todos os planos. .
    .
    Por muito tempo Agares foi um protetor de Naiara, já que Heylel não podia arriscar de tal forma os seres que lhe trouxeram esperanças. Contudo Agares agora sentia falta de algo mais. Sentia falta de um verdadeiro motivo para continuar a eternidade. .
    .
    Para quem já leu Tenebris - O fim é apenas o começo, sabe melhor a relação atual de Agares e Naiara, mas para quem ainda não leu, não acho que seja difícil compreender, a escrita da Érika é muito clara, e torna bem simples a compreensão dos fatos. .
    .
    Agares encontra em Naiara um motivo para viver. Pois o amor, assim como transformou Heylel, também transforma Agares. .
    .
    Agares apesar de ser um caído, eu acredito que sua essência ainda seja em parte muito boa. .
    .
    Você já leu algum livro ou conto da Érika? Os livros dela estão disponíveis também no Kindle Unlimited. Me conta o que achou deste conto, e qual livro da Érika mais chama sua atenção. Vem participar da nossa Maratona ♡ .
    .
    #maratonaerikagomes #autoraerikagomes #criasdaerika #literaturancional #autoranacional #trilogiatenebris #conto
  •  286  3  9 June, 2019
  • Pensa que lindo, você e seus dois filhos numa pracinha, brincando. Até que sua filha de 4 anos resolve que está super apertada e precisa ir urgente ao banheiro, mesmo que há 10 minutos atrás você tenha insistido que ela fizesse xixi antes de sair de casa e ela tenha afirmado que não tinha nenhum pinguinho guardado. Pois bem, agora parece que a vontade resolveu aparecer carregando todos os líquidos do corpo de forma instantânea para uma mini bexiga, tornando caso de vida ou morte. Ela me grita “manheeeê, agora! Quero fazer xixi! Rápido!” enquanto espreme as pernas e diz que não consegue segurar. Olho para o caçula de 2 anos, sentado na areia, descalço, cheio de esperanças de um longo e demorado mergulho naquele chão que é cenário de um castelo com pedras, folhas e muitos grãos úmidos que se misturam pelos cabelos e entre sua bermuda e fralda. O que fazer? Chamo ele pra ir embora correndo pois precisamos procurar um banheiro. Ele, com sua pouca idade mas uma sagaz experiência do tipo “me enganou, era vacina”, imaginou que era uma trolagem da mãe para ir embora antes do combinado. Protestou. Dali não sairia. E agora? Enquanto eu bolava um plano de fuga genial e convincente, fui catando os brinquedos espalhados, bolsa, água, cadê a bola? Ao mesmo tempo vou respondendo ao apelo da mais velha “já estamos indo. Só um segundo. Vai colocando seu chinelo”. Ai meu Deus, chinelo! Cadê o chinelo do caçula? Roda parquinho inteiro. Finalmente acho o mini chinelo praticamente enterrado no outro lado do parque. Volto para a criança jogada na areia. “Vamos?” “Não! Não quero!”. Do meu lado uma menininha grita que não vai aguentar mais esperar. Desenterro o caçula da areia. Ganho tentáculos de polvo para carregar brinquedos, bolsas, a chave do carro e uma criança suja de areia, berrando e se debatendo indignada com o pouco tempo de diversão. Vou conversando que já iremos voltar (se é que teremos tempo). Chego no carro. Bato perna pra tirar areia do pé. Limpo uma criança cujo rosto já virou lama entre lágrimas, um pouco de areia e uma dose considerável de pó de minério. Nem sei mais se estou limpando ou espalhando a sujeira do rosto dele..
⬇️⬇️⬇️ (continua!)
  • Pensa que lindo, você e seus dois filhos numa pracinha, brincando. Até que sua filha de 4 anos resolve que está super apertada e precisa ir urgente ao banheiro, mesmo que há 10 minutos atrás você tenha insistido que ela fizesse xixi antes de sair de casa e ela tenha afirmado que não tinha nenhum pinguinho guardado. Pois bem, agora parece que a vontade resolveu aparecer carregando todos os líquidos do corpo de forma instantânea para uma mini bexiga, tornando caso de vida ou morte. Ela me grita “manheeeê, agora! Quero fazer xixi! Rápido!” enquanto espreme as pernas e diz que não consegue segurar. Olho para o caçula de 2 anos, sentado na areia, descalço, cheio de esperanças de um longo e demorado mergulho naquele chão que é cenário de um castelo com pedras, folhas e muitos grãos úmidos que se misturam pelos cabelos e entre sua bermuda e fralda. O que fazer? Chamo ele pra ir embora correndo pois precisamos procurar um banheiro. Ele, com sua pouca idade mas uma sagaz experiência do tipo “me enganou, era vacina”, imaginou que era uma trolagem da mãe para ir embora antes do combinado. Protestou. Dali não sairia. E agora? Enquanto eu bolava um plano de fuga genial e convincente, fui catando os brinquedos espalhados, bolsa, água, cadê a bola? Ao mesmo tempo vou respondendo ao apelo da mais velha “já estamos indo. Só um segundo. Vai colocando seu chinelo”. Ai meu Deus, chinelo! Cadê o chinelo do caçula? Roda parquinho inteiro. Finalmente acho o mini chinelo praticamente enterrado no outro lado do parque. Volto para a criança jogada na areia. “Vamos?” “Não! Não quero!”. Do meu lado uma menininha grita que não vai aguentar mais esperar. Desenterro o caçula da areia. Ganho tentáculos de polvo para carregar brinquedos, bolsas, a chave do carro e uma criança suja de areia, berrando e se debatendo indignada com o pouco tempo de diversão. Vou conversando que já iremos voltar (se é que teremos tempo). Chego no carro. Bato perna pra tirar areia do pé. Limpo uma criança cujo rosto já virou lama entre lágrimas, um pouco de areia e uma dose considerável de pó de minério. Nem sei mais se estou limpando ou espalhando a sujeira do rosto dele..
    ⬇️⬇️⬇️ (continua!)
  •  141  53  17 hours ago
  • #conto

A sombra da inocência (Morserus).
.
M. M. Schweitzer

Aos poucos, com a medida que vou lendo cada livro dessa coletânea de contos, aprendo um pouco mais sobre o mundo de Morserus, e dessa vez, nosso foco está na cidade dos coelhos.

Kuro, nosso jovem coelho,(vale ressaltar que os coelhos são uma raça de guerreiros) era o irmão mais velho de Aito, e é com eles que nossa história começa.

Ele, por ser o mais velho dos irmãos, sabia do porque sua mãe havia os deixado, mas Aito, uma alma muito pura e generosa, se recusava a acreditar.

O pai deles foi um grande soldado, mas agora, não passava de um cuidador de figys(ovelhas) e um bêbado.

Seu pai, parte em uma viagem até a cidade para trocar lã, e voltará em alguns dias deixando os dois sozinhos, como de costume.

Porém algo estranho começa à acontecer durante a madrugada e Kuro não consegue ver o que é. 
O que será que andou matando as figys?

Nosso jovem coelho parte em busca do desconhecido. Mas, será que ele conseguirá enfrentar esse “predador” com tão pouca experiência ou tudo estará perdido?

Esse foi o terceiro livro que leio da saga (o quarto da sequência) e definitivamente, foi o que mais tem ação, brigas e lutas. 
Nele também tem várias reflexões sobre a vida e sobre como nós mesmos deveríamos ser. Estou muito feliz de poder ter lido esse conto.

E aí, vcs já conheciam esse conto? Já leram algum do mundo dos Morserus ? Vamos conversar!!
  • #conto

    A sombra da inocência (Morserus).
    .
    M. M. Schweitzer

    Aos poucos, com a medida que vou lendo cada livro dessa coletânea de contos, aprendo um pouco mais sobre o mundo de Morserus, e dessa vez, nosso foco está na cidade dos coelhos.

    Kuro, nosso jovem coelho,(vale ressaltar que os coelhos são uma raça de guerreiros) era o irmão mais velho de Aito, e é com eles que nossa história começa.

    Ele, por ser o mais velho dos irmãos, sabia do porque sua mãe havia os deixado, mas Aito, uma alma muito pura e generosa, se recusava a acreditar.

    O pai deles foi um grande soldado, mas agora, não passava de um cuidador de figys(ovelhas) e um bêbado.

    Seu pai, parte em uma viagem até a cidade para trocar lã, e voltará em alguns dias deixando os dois sozinhos, como de costume.

    Porém algo estranho começa à acontecer durante a madrugada e Kuro não consegue ver o que é.
    O que será que andou matando as figys?

    Nosso jovem coelho parte em busca do desconhecido. Mas, será que ele conseguirá enfrentar esse “predador” com tão pouca experiência ou tudo estará perdido?

    Esse foi o terceiro livro que leio da saga (o quarto da sequência) e definitivamente, foi o que mais tem ação, brigas e lutas.
    Nele também tem várias reflexões sobre a vida e sobre como nós mesmos deveríamos ser. Estou muito feliz de poder ter lido esse conto.

    E aí, vcs já conheciam esse conto? Já leram algum do mundo dos Morserus ? Vamos conversar!!
  •  279  6  14 June, 2019
  • Resenha
.
Título: Mochila
Escritor: Rennan Andrade
Gênero: Romance LGBT
Tipo: conto
Nota: 9,8/10
.
O conto foi cedido pelo parceiro @rennanescritor e, olha, só tenho a agradecer. Há tempos não lia um romance que me envolveu como este, que me fez sorrir com os acontecimentos.
-
A história conta como dois rapazes num dia fatídico tiveram suas vidas cruzadas por conta de uma mochila (daí o nome do conto). Narrado em primeira pessoa por André, a história é extremamente curtinha, podendo ser lida em uma hora ou até menos. Mas, mesmo pequenininha assim, ela traz muitas emoções ao leitor. Eu, por exemplo, sorri junto com os personagens no desfecho final e senti o que André sentia ao ler certas coisas sobre o dono da mochila esquecida em seu colo. 
Sobre a escrita, ela é extremamente levinha, podendo ser indicada a maioria dos públicos. Basta apenas gostar de um romance gostosinho e você é o público alvo.
Uma coisa que eu achei interessante na história é o fato de ser abordado um assunto que hoje em dia não tem mais o mesmo preconceito que antigamente, mas que ainda precisa de muito, mas muito mais lugar de fala: o relacionamento homossexual. Há frases no livro como, por exemplo, “Não lembro qual foi o momento exato em que descobri que era gay, mas nunca pensei que isso seria motivo para tantas ofensas e agressões” que retratam a realidade ainda enfrentada pela população LGBTQI+. Por sorte, mesmo eu sendo uma letra dessa sigla que abrange tantas orientações sexuais, não vivi nenhum tipo de discriminação, mas já ouvi tanta besteira (não referente a mim) de pessoas próximas, que posso compreender perfeitamente o que essas pessoas passam. O fato de o livro encarar isso mostrando a difícil realidade por muitos e, ao mesmo tempo, mostrar que é possível viver sem se esconder de ninguém, me encantou.
Aconselho a leitura a todos, de verdade. Tu não vais “perder” muito tempo para lê-lo e vai sair encantado por uma história nacional. -
Agradeço novamente ao escritor, e desejo-lhe muito sucesso nessa jornada. -
-
-
#resenha #lgbt #lgbtlove #instabooks #instalivros #igliterario #booksgram #bookstagram #lermais #nacional #conto #like4like #love #amor
  • Resenha
    .
    Título: Mochila
    Escritor: Rennan Andrade
    Gênero: Romance LGBT
    Tipo: conto
    Nota: 9,8/10
    .
    O conto foi cedido pelo parceiro @rennanescritor e, olha, só tenho a agradecer. Há tempos não lia um romance que me envolveu como este, que me fez sorrir com os acontecimentos.
    -
    A história conta como dois rapazes num dia fatídico tiveram suas vidas cruzadas por conta de uma mochila (daí o nome do conto). Narrado em primeira pessoa por André, a história é extremamente curtinha, podendo ser lida em uma hora ou até menos. Mas, mesmo pequenininha assim, ela traz muitas emoções ao leitor. Eu, por exemplo, sorri junto com os personagens no desfecho final e senti o que André sentia ao ler certas coisas sobre o dono da mochila esquecida em seu colo.
    Sobre a escrita, ela é extremamente levinha, podendo ser indicada a maioria dos públicos. Basta apenas gostar de um romance gostosinho e você é o público alvo.
    Uma coisa que eu achei interessante na história é o fato de ser abordado um assunto que hoje em dia não tem mais o mesmo preconceito que antigamente, mas que ainda precisa de muito, mas muito mais lugar de fala: o relacionamento homossexual. Há frases no livro como, por exemplo, “Não lembro qual foi o momento exato em que descobri que era gay, mas nunca pensei que isso seria motivo para tantas ofensas e agressões” que retratam a realidade ainda enfrentada pela população LGBTQI+. Por sorte, mesmo eu sendo uma letra dessa sigla que abrange tantas orientações sexuais, não vivi nenhum tipo de discriminação, mas já ouvi tanta besteira (não referente a mim) de pessoas próximas, que posso compreender perfeitamente o que essas pessoas passam. O fato de o livro encarar isso mostrando a difícil realidade por muitos e, ao mesmo tempo, mostrar que é possível viver sem se esconder de ninguém, me encantou.
    Aconselho a leitura a todos, de verdade. Tu não vais “perder” muito tempo para lê-lo e vai sair encantado por uma história nacional. -
    Agradeço novamente ao escritor, e desejo-lhe muito sucesso nessa jornada. -
    -
    -
    #resenha #lgbt #lgbtlove #instabooks #instalivros #igliterario #booksgram #bookstagram #lermais #nacional #conto #like4like #love #amor
  •  400  4  12 June, 2019
  • 📒📒📒SINOPSE: MOCHILA📒📒📒
.
"Nós passamos tanto tempo atrás de alguém que possa nos amar que chega a ser estranho quando concluímos que isto,  o amor alheio, é o de menos."
.
Olá, meus amores! Hoje trago com muita, muita felicidade a sinopse de um conto que li e estou mais que apaixonada: "Mochila" de Rennan Andrade ( @rennanescritor ):
.
"O amor é um sentimento capaz de te abalar, e quando nós amamos em uma intensidade diferente da outra pessoa, é normal que você se sinta um tanto sem chão. André, um jovem rapaz homossexual que acabou de sofrer sua primeira decepção amorosa, sabe disso melhor do que ninguém. Em uma ida de ônibus do trabalho para casa, André se oferece para segurar a mochila de um belo estranho durante o percurso. E o que lhe seria um ato rotineiro acaba por mudar sua vida quando, ao dormir no percurso, ele percebe que o desconhecido esqueceu sua mochila com ele.
-
Em busca de uma forma de contatar o seu dono, André acaba descobrindo cadernos coloridos dentro da mochila que servem como uma espécie de diário do desconhecido. O que estaria escondido através destas páginas?"
-
Li ele em menos de um dia, em menos de uma hora. Devorei ele de um jeito que há tempos não devorada uma história. Sem contar esse quote perfeito que escolhi para a foto né? Ah! O quote do início do post também pertence à ele!
-
Espero que tenham se interessado no conto! Ele está disponível na Amazon (1.99 no preço normal, de graça pelo Kindle Unlimited), e podem ter certeza que vale a pena ler!
.
.
.
.
.
.
#conto #nacional #instaliterario #instabooks #bookstagram #booksgram #kindle #amazon #ebook #literatura #homossexual #lgbt #love #romance #todaformadeamor #amor #amar #amores #amor❤ #loved #horadoslivros
  • 📒📒📒SINOPSE: MOCHILA📒📒📒
    .
    "Nós passamos tanto tempo atrás de alguém que possa nos amar que chega a ser estranho quando concluímos que isto, o amor alheio, é o de menos."
    .
    Olá, meus amores! Hoje trago com muita, muita felicidade a sinopse de um conto que li e estou mais que apaixonada: "Mochila" de Rennan Andrade ( @rennanescritor ):
    .
    "O amor é um sentimento capaz de te abalar, e quando nós amamos em uma intensidade diferente da outra pessoa, é normal que você se sinta um tanto sem chão. André, um jovem rapaz homossexual que acabou de sofrer sua primeira decepção amorosa, sabe disso melhor do que ninguém. Em uma ida de ônibus do trabalho para casa, André se oferece para segurar a mochila de um belo estranho durante o percurso. E o que lhe seria um ato rotineiro acaba por mudar sua vida quando, ao dormir no percurso, ele percebe que o desconhecido esqueceu sua mochila com ele.
    -
    Em busca de uma forma de contatar o seu dono, André acaba descobrindo cadernos coloridos dentro da mochila que servem como uma espécie de diário do desconhecido. O que estaria escondido através destas páginas?"
    -
    Li ele em menos de um dia, em menos de uma hora. Devorei ele de um jeito que há tempos não devorada uma história. Sem contar esse quote perfeito que escolhi para a foto né? Ah! O quote do início do post também pertence à ele!
    -
    Espero que tenham se interessado no conto! Ele está disponível na Amazon (1.99 no preço normal, de graça pelo Kindle Unlimited), e podem ter certeza que vale a pena ler!
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    #conto #nacional #instaliterario #instabooks #bookstagram #booksgram #kindle #amazon #ebook #literatura #homossexual #lgbt #love #romance #todaformadeamor #amor #amar #amores #amor#loved #horadoslivros
  •  410  6  10 June, 2019
  • Em 2018 li ao maravilhoso conto Por você. Uma história linda entre Ricardo e Sophia. Me apaixonei por esse casal. 
Esse ano eles estão de volta no maravilhoso livro, Por você? Sempre.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Não é porque a escritora é minha amiga, mas o livro é muito bom. Disponível no Wattpad. Toda semana um novo capítulo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sinopse: Sophia é uma famosa digital influencer que ama o que faz e divide seu tempo entre o trabalho e a família, ao lado do seu fiel amigo JP. Ricardo é delegado cívil e um pai amoroso, mesmo com a carreira da esposa eles trabalham em harmonia, dedicando-se a carreira e a criação dos filhos. Sophia e Ricardo estão casados há quase vinte anos e desse relacionamento eles tiveram três filhos. Júlia a filha caçula está lidando com a pressão do vestibular e um amor não correspondido. Ela e Sophia passaram por uma situação traumática e da noite para o dia suas vidas mudaram completamente. Juntos a família precisa se unir e passar por novos desafios. Segredos do passado estão de volta e pela primeira vez Ricardo e Sophia enfrentam uma crise no casamento. Júlia encontra os diários da mãe e vai entender da pior forma que toda ação gera consequências. 
No conto "Por Você" descobrimos como Sophia e Ricardo se apaixonaram, nessa sequência acompanhamos a vida desse casal e tudo que eles construíram juntos. Um livro que fala sobre amor, família, amizade e perdão. 
Juntos eles podem reescrever sua historia e encontrar seu "felizes para sempre" ?
  • Em 2018 li ao maravilhoso conto Por você. Uma história linda entre Ricardo e Sophia. Me apaixonei por esse casal.
    Esse ano eles estão de volta no maravilhoso livro, Por você? Sempre.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Não é porque a escritora é minha amiga, mas o livro é muito bom. Disponível no Wattpad. Toda semana um novo capítulo.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Sinopse: Sophia é uma famosa digital influencer que ama o que faz e divide seu tempo entre o trabalho e a família, ao lado do seu fiel amigo JP. Ricardo é delegado cívil e um pai amoroso, mesmo com a carreira da esposa eles trabalham em harmonia, dedicando-se a carreira e a criação dos filhos. Sophia e Ricardo estão casados há quase vinte anos e desse relacionamento eles tiveram três filhos. Júlia a filha caçula está lidando com a pressão do vestibular e um amor não correspondido. Ela e Sophia passaram por uma situação traumática e da noite para o dia suas vidas mudaram completamente. Juntos a família precisa se unir e passar por novos desafios. Segredos do passado estão de volta e pela primeira vez Ricardo e Sophia enfrentam uma crise no casamento. Júlia encontra os diários da mãe e vai entender da pior forma que toda ação gera consequências.
    No conto "Por Você" descobrimos como Sophia e Ricardo se apaixonaram, nessa sequência acompanhamos a vida desse casal e tudo que eles construíram juntos. Um livro que fala sobre amor, família, amizade e perdão.
    Juntos eles podem reescrever sua historia e encontrar seu "felizes para sempre" ?
  •  164  17  3 June, 2019